Musculação: Principais Erros Cometidos

Musculação: Principais Erros Cometidos

O cuidado com o físico vem aumentando a cada dia e com ele o número de adeptos de atividades físicas, principalmente a musculação. A musculação em si vem crescendo de forma fascinante, para se ter ideia segundo um estudo realizado pelo ministério da saúde a musculação está se tornando a 2ª atividade mais praticada no país.1

Por outro lado, a grande parte dos iniciantes na musculação não sabem ao certo o que fazer para atingir seus objetivos, e alguns instrutores pouco se importam em ajudar. Com sede de resultados vemos com bastante frequência iniciantes treinando errado, com dificuldades em progredir e em certos casos até com lesões graves em poucas semanas de academia.

 

1) APOSTAR TODAS AS FIXAS NOS SUPLEMENTOS

Vocês não fazem ideia da quantidade de gente que vejo investindo todo o dinheiro em suplementos com a esperança de ter resultados da noite para o dia.

Entenda definitivamente: suplementos não fazem milagres! Se fizesse, todos seriam fortes, todos teriam corpos perfeitos, o que é bem diferente da realidade.

Sendo assim, invista na dieta. A nutrição é o fator MAIS IMPORTANTE para a construção muscular! Suplementos sem dieta= desperdício de dinheiro, sem mais!

nutrition-3

2) FICAR NA ACADEMIA POR HORAS

Outro erro muito popular é a ideia de que quanto mais horas passar na academia, mais rápido ficará forte. Isso é apenas um mero equívoco, pois ao passar longas horas na academia entramos em catabolismo, sendo totalmente contraproducente para pessoas cujo objetivo é hipertrofia muscular.

Quando se trata de musculação menos é mais. Veja os fisiculturistas profissionais a maioria deles treinam intensamente durante 60 minutos e logo vão fazer sua refeição pós treino. É claro que alguns deles em fase de pré contest treinam até duas vezes por dia, entretanto, em horários diferentes, não duas horas consecutivas como muitos iniciantes fazem.

Portanto, aos iniciantes tente sempre fazer seus treinos no em máximo 1 hora de duração se você estiver passando desse tempo provavelmente não está treinando duro o suficiente. Deixe a conversa com os amigos para depois do treino. Foque-se!

 

3) TREINAR O EGO

Certas pessoas possuem a necessidade de se sobressaírem e de se destacarem de alguma forma e na academia não é diferente. Praticamente todo iniciante já entra na academia pensando em quantos quilos vai pegar e logo começam a disputar com os amigos pra ver quem pega mais peso no supino, por exemplo.

Treinar o ego é simplesmente pegar mais peso do que consegue em determinado exercício com o intuito de se exibir para os amigos e principalmente para o sexo oposto. A consequência desses atos de exibicionismo podem ser sérias, gerando acidentes e até mesmo lesões graves.

Falo por experiência própria, acho ridículo e digno de risadas ver jovens tentando impressionar o sexo oposto com a carga excessiva nos exercícios, fazendo movimentos péssimos de pouca amplitude, acredito que o caráter e a personalidade em si que deveriam impressionar.

Então, se você realmente quer ter resultados deixe o ego de lado! Concentre-se em executar os exercícios corretamente, com a máxima amplitude possível, sentindo realmente o músculo a cada repetição.

ego-lift

 

 4) NÃO TREINAR O CORPO INTEIRO

Quem nunca ouviu ao menos uma vez na vida a famosa desculpa: “não treino perna, porque final de semana jogo bola”? Aposto que você já!

A maioria dos novatos entram na academia querendo ter um peitoral e braços grandes, focando apenas nos membros superiores, ficando assimétricos e com aquela típica aparência de funil ou também conhecida como “corpo de passarinho”.

A principal razão para se treinar pernas e que caso não as treine ficará desproporcional, além disso exercícios compostos como agachamento aumentam a liberação de testosterona e do hormônio do crescimento (principais hormônios anabólicos), por sua vez contribuindo para o ganho de força e o processo de hipertrofia.

Dessa forma, ignorar os músculos inferiores é um erro. Com pernas mais fortes você terá uma base mais resistente, conseguindo erguer peso em outros exercícios com mais facilidade.

 

legday_01

 

 

 

5) SEGUIR ROTINAS DE TREINO DE ATLETAS PROFISSIONAIS

É impressionante o número de pessoas que acreditam que se fizerem o mesmo treino de certos fisiculturistas ficarão com o corpo igual o deles em questão de meses, elas se esquecem do arsenal de profissionais que se tem em torno de um fisiculturista e principalmente da individualidade biológica de cada um.

Compreenda que cada programa nutricional e de treinamento devem ser individuais, pois cada um possui necessidades distintas! Um Ronnie Coleman da vida, tem certas necessidades calóricas, outro atleta mens psyque por exemplo tem que priorizar alguns outros aspectos, maior simetria, definição, etc., logo a alimentação e o treinamento são distintos.

Sabendo disso, a melhor coisa a fazer é procurar a ajuda de profissionais para avaliarem suas verdadeiras necessidades e focar no que você realmente precisa melhorar, seja na alimentação ou no treino.

workout-plan

 

6) PULAR REFEIÇÕES

Este sem sombra de dúvidas é um dos erros mais frequentes, boa parte dos iniciantes pensam que conseguirão obter ótimos ganhos ignorando a dieta e comendo apenas uma ou duas vezes no dia.

Faremos uma rápida analogia, você sabe que para um carro funcionar ele precisa de…? Combustível certo? Acertou! O mesmo acontece com corpo, para ter resultados você precisa ingerir o “combustível” certo, na hora certa, em porções e na quantidade certa.

Conforme dito no erro #1 a dieta é a parte mais importante, para ter um corpo saudável você precisará mudar sua rotina, sei que não é fácil mudar hábitos, principalmente quando se trata de hábitos alimentares. Mas como nada vem de graça, você terá que fazer alguns sacrifícios para conseguir o que de fato deseja. Deverá fazer no mínimo de 6 a 7 refeições diárias com o intervalo de 3 horas entre cada refeição, você precisa nutrir o seu corpo com os nutrientes dos quais ele necessita em quantidades certas e com uma frequência regular, só assim começará a ter resultados grandiosos.

 

7) COMPARAR-SE COM OS OUTROS

Quando se trata de musculação você deve colocar em sua cabeça que sempre haverá alguém mais forte e mais fraco do que você e na vida em geral também ocorre o mesmo: pessoas melhores e outras piores. Não há como fugir disso, as coisas simplesmente funcionam assim!

Ficar se comparando com os outros, irá causar apenas frustração, pois cada um tem sua individualidade biologia, uns com facilidades para desenvolver certas partes do corpo e outras não.

Ao invés de gastar seu tempo reparando os outros, invista em você, registre e compare o seu progresso através de avaliações, fotos e vídeos por exemplo. Entre em uma “competição” com você mesmo, a cada treino procure melhorar sempre. Comemore seus resultados, evolua, e sempre busque se tornar melhor do que era ontem.

 

8) NÃO DORMIR O SUFICIENTE

Meu caro, se você não der tempo o suficiente de descanso para seu corpo se recuperar e desenvolver, você não terá grandes resultados. O corpo necessita de descanso, não há como burlar isso. Além de ter um mau rendimento no treino e no trabalho ficará de mau humor por boa parte do dia.

Assim sendo, é importante dar tempo suficiente para o corpo se recuperar. Sei como é difícil conseguir dormir na era tecnológica com tantas distrações como tv, smartphones, computadores, etc, mas você deve definir qual é a sua real prioridade. O processo de construção muscular se resume nos principais fatores: treino, dieta e descanso. Sem o equilíbrio e a sinergia entre esses fatores é bem difícil construir um físico sarado.

Reflita: a falta de tempo não existe, o que existe é falta de prioridade!

Sleepy


9) DESISTIR FACILMENTE 

É espantoso e até mesmo engraçado ver como a academia lota em certas épocas do ano e esvazia do nada, como um passe de mágica, restando apenas aqueles que realmente treinam sério. Começar a treinar, a seguir uma dieta é fácil, difícil mesmo é persistir até conseguir atingir o corpo almejado.

Certos iniciantes acreditam que em poucos meses de treino ficarão iguais aos caras mais fortes da academia. Acordem, por favor, isso não existe! Todo mundo começa do início, até mesmo os caras mais fortes da sua academia. Se te disseram que seria fácil construir um bom físico em um mês, te iludiram! O processo de construção muscular é lento, e para ter resultados significativos é necessário se dedicar por um bom tempo.

Conclusão: Persista! Quero encoraja-lo a persistir a continuar se tornando a melhor versão de si mesmo, não apenas buscando construir um físico melhor e sim melhorar continuamente em todos os aspectos: mental, emocional, social e espiritual. Lembre-se: a mudança começa de dentro pra fora, quer um mundo melhor? Comece melhorando a si mesmo 😉

***

Deixe nos comentários o que você achou desse artigo. Se te ajudei a despertar essa vontade de melhorar continuamente, meu dever neste artigo foi comprido. Contribua compartilhando com seus amigos.

email
Gostou do artigo? Então, contribua compartilhando!

4 comentários

  1. Muito boa suas dicas me ajudou a tirar várias dúvidas que ainda tinha…. muito bom me dedicou ainda mais

    Postar uma Resposta
    • Ficamos muito felizes em poder te ajudar. Por favor, volte sempre 😉

      Postar uma Resposta
  2. Estes tópicos são incentivadores. Parabéns !
    Obrigada pelas dicas.

    Postar uma Resposta
    • Obrigada a você Karla, por acompanhar nosso trabalho! 🙂

      Postar uma Resposta

Deixe seu comentário ;)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Suplementação
Qual a diferença entre Pré-Hormonais e Pro-Hormonais?

Fechar